Tá na dúvida entre um carro seminovo e usado? Fique tranquilo, você não está sozinho, essa é uma dificuldade muito comum das pessoas. Afinal, a compra de um veículo é uma decisão séria a ser tomada. Existem vários fatores que precisam ser levados em conta para não pesar no seu bolso e fazer com que você se arrependa quando já estiver com o carro na garagem, porque aí vai ser tarde demais, né!

Abrir mão de sair com um carro novinho em folha da concessionária é uma escolha de grande parte das pessoas, principalmente quando se trata da compra do primeiro veículo. Nesse caso, a melhor alternativa é investir num seminovo ou usado, já que seu preço será menor. Negociar bem é a chave do sucesso para garantir a compra de um carro que te agrade. 

Neste artigo, nós vamos facilitar a sua escolha entre a compra de um carro seminovo e usado. Leia até o final e descubra quais são as diferenças dos dois, as vantagens de desvantagens, o que levar em conta na  sua escolha e muito mais. 

Qual a diferença entre um carro seminovo e usado?

Você faz parte do time de pessoas que acham que carro seminovo e usado são a mesma coisa? Pois bem, preciso te dizer que não são. Existem algumas diferenças entre um carro seminovo e usado, saber quais são elas vai te deixar mais preparado para uma negociação futura. 

Preço

A primeira diferença entre um carro seminovo e usado é o preço, um automóvel usado é mais barato que um seminovo. Afinal, um veículo que está mais velho pode precisar de alguns reparos. Agora imagine que você encontrou um automóvel seminovo mais barato que um usado, antes de dar pulos de alegria é melhor desconfiar um pouco. Confira a origem e o histórico do veículo para ter certeza que está fazendo um bom negócio. 

Antes de decidir comprar um carro usado, coloque na balança e pense no quanto você está disposto a gastar com conserto, se mesmo assim valer a pena é um ótimo sinal. 

Tempo de uso

Pode parecer óbvio, mas um carro usado deve ter mais anos de uso do que um seminovo. Porém, a história não para por aí, um seminovo deve ter até três anos, mas três anos de quê? de uso ou de fabricação?

Para entender melhor, imagine que um carro tenha sido comprado e fabricado no ano de 2016, até o ano de 2019 ele é considerado um seminovo. Agora, se ele for comprado em 2016 mas seu ano de fabricação for 2015, ele só será considerado seminovo até 2018, entendeu? Nos carros seminovos o ano de fabricação conta mais do que o tempo que uma pessoa ficou com ele. Por isso, você pode achar veículos seminovos de ótima qualidade, já que o dono pode ter usado por pouco tempo. 

Já os carros usados possuem mais de três anos, tanto de fabricação quanto de uso. Então é comum encontrar veículos deste tipo que estejam mais gastos. 

Quantidade de donos

A quantidade de donos também é um fator que diferencia um carro seminovo de um usado. Os seminovos só podem ter tido um único dono antes de estar à venda, já os carros usados não. Vale dizer que não é por isso que o carro usado vai estar mal cuidado, existem pessoas que realmente cuidam muito bem do seu veículo. Já ouviu aquela expressão “carro é igual filho”? Tem muita gente por aí que tratam um automóvel realmente assim. Você pode tirar a sorte grande e encontrar um seminovo cujo dono cuidou bem do veículo. 

Quilometragem

Quantos quilômetros o carro já rodou também faz com que ele seja seminovo  ou usado. A lógica é simples, quanto mais um carro tiver rodado, mais barato ele será. Em média um carro bate a marca de 20 mil quilômetros rodados todo ano. Seguindo aquele raciocínio de que um carro seminovo deve ter até três anos, um semi novo só pode ter rodado até 60 mil km no total. Os carros que ultrapassam essa marca já são considerados usados. 

Estado do veículo

O estado do veículo é a característica mais evidente entre um carro seminovo e usado. Afinal, quanto mais um carro for usado, em pior estado ele estará. Percebeu que o carro estava amassado, com problemas no banco, problemas no vidro? É quase certeza que o carro é usado, para te ajudar com isso peça a um mecânico de confiança para avaliar a situação.  

Por isso não é tão comum ver carros com até três anos apresentando esses problemas, já que eles costumam passar por revisões frequentes. Ah, uma coisa importante a ser dita é que mesmo que um carro esteja dentre todos os padrões para ser considerado um seminovo, se ele estiver em um mau estado de conservação ele é classificado como carro usado. Para quem deseja vender um carro é preciso ficar atento a isso. 

Imagem de Imagem de carro com janela aberta e praia ao fundo

Vantagens de um seminovo

Que tal mais uma ajuda para escolher entre um carro seminovo e usado? Além de saber as diferenças entre os dois, conhecer quais são as vantagens e desvantagens de cada um também é importante. Confira algumas vantagens de um carro seminovo. 

Não tem dó de usar o veículo

Aposto que você já ficou com dó de usar algo somente porque era novo, seja roupa, sapato e até mesmo um carro. Imagina sair com um carro nos trinques da concessionária, é justo ficar com dó de sair com ele por aí. Com um carro seminovo você não sente isso, afinal ele já vai ter sido usado por outra pessoa. 

Além disso, os seminovos são uma ótima opção para quem tirou a carteira de motorista recentemente e ainda possui dificuldades para dirigir e estacionar. Arranhões são muito comuns nesse início, por isso ter um carro que já tenha algumas marcas não será um problema para você. 

Maior liberdade para negociação

Uma outra vantagem de um carro seminovo é uma maior liberdade para negociação, coisa que não acontece com frequência na compra de um carro zero quilômetro. No caso de um carro novo, a negociação será vantajosa somente se tiver uma boa quantia de dinheiro para entrada. Em um carro seminovo é possível negociar com base no estado do veículo, se você perceber algum arranhão ou defeito que não foi previsto pelo vendedor é possível negociar levando isso em conta. 

Pode trocar com mais frequência

Você pretende ficar pouco tempo com um automóvel? Se sim, a compra de um seminovo é uma boa alternativa para você. Desse jeito você garante um bom carro com um preço justo. Fazendo isso você aproveita seu carro pelo período que quiser, levando em conta os três para a troca de um seminovo, e depois pode colocar o veículo à venda. 

Desvantagens de um seminovo

Apesar das vantagens, um seminovo pode apresentar alguns pontos desfavoráveis que devem ser levados em consideração. Veja alguns deles a seguir:

Assumir alguns custos de reparos

Encontrar boas opções de carros seminovos no mercado não é uma tarefa difícil, no entanto talvez seja necessário assumir alguns custos com reparos. Lembra que isso foi uma vantagem para conseguir negociar lá em cima? Por mais que tenha sido uma garantia para obter um bom desconto, é provável que seja necessário se responsabilizar por alguns custos de conserto. 

Faça as contas e se planeje para ver o quanto você está disposto a pagar por esses reparos e o quanto isso vai pesar no seu bolso a fim de conseguir um carro. 

Pagar por problemas não previstos 

Ao comprar um veículo seminovo, é preciso estar muito atento a todas as informações do carro. Na conversa com o vendedor é natural que alguns problemas passem despercebidos, então pode ocorrer de você precisar arcar com complicações que não foram previstas. 

Para evitar isso, preste muita atenção no veículo, converse com muitas pessoas e se possível, peça a opinião de algum especialista no assunto. 

Vantagens de um carro usado 

Para quem não quer comprar um carro novo ou seminovo, uma ótima alternativa é investir na compra de um usado. Saber das vantagens de um veículo desse tipo te ajudará a tomar a melhor decisão. 

Preço baixo

A principal vantagem de um carro usado é o preço baixo, isso torna a sua principal vantagem competitiva. Pense só, pelo mesmo valor que você consegue comprar um carro muito básico zero quilômetros, você consegue comprar um automóvel muito mais equipado porém usado. É preciso avaliar o que exatamente você procura num carro, um modelo usado poderá te servir muito bem. 

Impostos mais baixos 

O preço dos impostos de carro são calculados com base em seu valor de mercado, por isso os impostos dos usados são mais baixos. Por exemplo, o IPVA de um carro usado será muito menor do que um carro novo. Você pode consultar o valor do IPVA do seu carro por meio do site da fazenda. É importante levar isso em consideração porque os impostos são despesas indispensáveis que você precisará assumir. 

Desvantagens de um usado

Como nem tudo são flores, os carros usados também apresentam algumas desvantagens.Veja algumas delas a seguir. 

Sem garantia

Os veículos usados não apresentam a garantia de fábrica senão forem comprados numa concessionária ou loja. Por isso, você não poderá contar com os possíveis reparos que a montadora poderia cobrir. Caso o carro esteja em bom estado, isso não será um problema para você. 

Necessidade de grandes reparos

Um carro usado pode necessitar de grandes reparos, o fato dele já ter rodado por algum tempo pode gerar estragos. Porém, enquanto você pesquisa sobre o carro já é possível ficar por dentro de tudo isso,  afinal estes danos são quase sempre muito aparentes. Pense bem e avalie sua condição financeira pra ver o quanto você está disposto a pagar com isso.

Carro seminovo e usado, qual vale mais a pena?

Decidir entre um carro seminovo e usado depende de diversos fatores, mas é preciso entender o que faz mais sentido dentro da sua realidade. Talvez você tenha conseguido uma oferta imperdível e isso fará com que você escolha uma das alternativas, independente das vantagens e desvantagens que falamos aqui. Pense bem e analise a sua situação atual antes de decidir comprar um carro, seja ele novo ou usado. 

Confira abaixo algumas dicas do que é preciso levar em conta na hora de comprar um carro seminovo e usado. 

  1. Procure saber se todas as peças do carro são originais e se o carro já passou por todas as manutenções necessárias; 
  2. Verifique o estado do carro seminovo e usado, confira se as condições dos bancos, da lataria, do motor, dos vidros e outras coisas que você perceber necessárias. Se possível, vá a um mecânico de confiança e peça para ele fazer um check-up no carro que você pretende comprar;
  3. Fique atento às marcas do carro, ao puxar um histórico do carro você pode descobrir se ele já foi batido ou algo do tipo. Caso o reparo tenha sido bem feito, você dificilmente perceberá as marcas;
  4. Entre no carro seminovo e usado, e se possível faça um test drive e se questione: você se sente bem nele? Se sente confortável? Consegue ficar com ele por pelo menos um ano? Não tenha pressa para decidir, a compra de veículo é uma decisão importante. 

homem negociando com uma mulher

Conclusão

Neste artigo, nós falamos um pouco sobre os carros seminovos e usados, explicamos as diferenças entre eles, as vantagens e desvantagens de cada um e várias outras coisas. É preciso considerar tudo isto antes de bater o martelo final e tomar uma decisão. Um carro mesmo sendo seminovo ou usado exige gastos mensais, você deve estar preparado para tudo isso.

Para evitar imprevistos e manter seu carro protegido, você pode contar com a Loovi. Nosso dispositivo trabalha fazendo o monitoramento e rastreio do seu veículo, fazendo com que ele esteja seguro em caso de roubos e furtos por todo o Brasil. Entre em contato conosco e conheça nossos serviços.

Você possui um carro seminovo ou usado? Nos aqui conte nos comentários sua experiência!

Quer fazer uma avaliação conosco? Entre em contato e experimente gratuitamente por 30 dias.

Preencha o formulário abaixo que um especialista irá entrar em contato com você.