Você realmente cuida da manutenção do carro? Quem dera fosse possível ter um veículo em perfeito estado e rodar por aí sem precisar ficar de olho com os cuidados do veículo. Afinal, é preciso separar tempo e dinheiro para fazer essa assistência. 

No entanto, é essencial garantir o bom funcionamento de todas as partes do automóvel para mantê-lo conservado e proteger você e sua família de problemas. Como já diz aquele ditado: prevenir é melhor que remediar!

Quanto mais você cuidar do seu carro, melhor desempenho ele terá. Seu automóvel merece um tratamento bem caprichado, afinal leva você e sua família para tantos lugares. Mas preciso te dizer que para isso é necessário ficar de olho em uma série de coisas. 

Hoje nós falaremos sobre cinco cuidados que você precisa ter com a manutenção do carro. Continue lendo o post!

Quando preciso fazer a revisão do carro?

Talvez você até saiba da importância de realizar a manutenção do carro com frequência, mas se você não sabe exatamente de quanto em quanto tempo deve fazer isso, vai descobrir hoje. 

É fundamental saber que cada carro tem uma necessidade, então é comum que as datas previstas sejam diferentes para cada veículo. Cada montadora estabelece um prazo correto considerando as especificações daquele modelo e as peças usadas. 

Mas no geral existem alguns sinais que mostram que o carro está pedindo uma revisão, e é sobre eles que falaremos aqui. 

Os prazos previstos para a manutenção preventiva veicular consideram algumas coisas como, material do carro, os testes feitos dentro da fábrica e várias outras coisas. Por isso, é importante acompanhar as datas certas para garantir que seu carro esteja sempre seguro para dirigir. 

Você também precisa considerar sua rotina com o carro, se você roda muito com ele, seja nos trânsitos urbanos ou na estrada, provavelmente precisará fazer manutenções antes do que o determinado pela montadora. 

Outra coisa importante a dizer é que os carros que estão parados por algum tempo também precisam de manutenções periódicas, pois caso contrário pode dar problemas e prejuízos futuros. 

As montadoras geralmente estabelecem um prazo de que a cada seis meses deve-se fazer os reparos mais básicos no veículo. Quando o carro atinge 10 mil quilômetros rodados também é necessário fazer estes reparos. O que acontecer primeiro deve ser levado em conta para fazer a manutenção do carro. 

Fazer essas revisões com frequência pode parecer uma tarefa muito chata, mas isso garante segurança ao dirigir e evita que as peças fiquem danificadas. Ao gastar um pouco de dinheiro a cada seis meses, você evita gastos inesperados futuramente. 

Por exemplo, na próxima vez que for conferir a água do radiador, agradeça por não precisar arcar com os custos de um motor fundido. O custo deste estrago sempre é altíssimo. 

A dica é: tenha sempre um mecânico de confiança para manter os cuidados com seu carro em dia!

Além de ter seu carro em perfeito estado, é essencial garantir que ele está seguro contra furtos e roubos. Leia o conteúdo que fizemos com 10 maneiras de proteger seu carro contras estes crimes.

Itens para ficar de olho nos cuidados com o carro

Manter o seu carro em bom estado está muito ligado com as manutenções frequentes que você faz. Então se seu carro anda mais pra lá do que pra cá, a falta de revisões pode ser o motivo.

Veja 5 itens que precisa checar na manutenção do carro para deixar seu veículo nos trinques. 

Revisão do motor do carro

1. Freio

O freio de um carro é um dos itens mais importantes quando se fala em segurança do veículo. Então manter eles sempre revisados garante que você dirija com muito mais confiança, além de impedir falhas e problemas durante a frenagem.  

Percebeu algo diferente no sistema de freios? Não espere muito até procurar um mecânico, pois os freios são parte essencial da segurança do veículo. Fazendo isso você evita grandes perdas. 

Se notar alguns dos sinais abaixo, é melhor ficar atento e fazer a manutenção do carro: 

  • Tremor no volante;
  • Pedal muito baixo ou endurecido;
  • Ferro que bate durante a frenagem.

Fazer a manutenção dos freios é muito importante, principalmente se for fazer uma viagem próxima. Pegar a estrada com os freios comprometidos é muito perigoso, não deixe de fazer uma visita ao mecânico antes de viajar. 

O sistema de freios é composto por muitos itens, pedal, pastilhas e discos são só alguns deles. Então não espere muito para fazer a manutenção, porque são muitas coisas que precisam ser observadas. 

2. Bateria

A bateria do carro é um item que precisa estar em ótimo estado, pois seu carro simplesmente não anda sem ela. Ela é responsável tanto por dar a partida no veículo, quanto por fazer os vidros elétricos e o som funcionarem bem. 

Ela é constituída por vários componentes químicos que garantem o bom funcionamento do veículo, por isso é importante estar atento às condições da bateria. Para saber a hora certa de fazer a manutenção na bateria, é preciso considerar alguns detalhes. São eles: 

  • Clima de onde o veículo anda;
  • Estado da parte elétrica;
  • Cuidados do dono;
  • Particularidades do carro;
  • Fabricante do automóvel.

Todos estes fatores influenciam diretamente na vida útil da bateria, uma bateria de má qualidade precisará ser trocada em menos tempo do que uma de boa qualidade. Mas em geral uma bateria dura em média de 2 a 5 anos. 

Para fazer a manutenção correta da bateria é preciso ficar de olho no nível da solução que faz ela funcionar e também na carga da bateria. 

3. Correia dentada

A correia dentada é um item que quando dá problema, gera muito prejuízo financeiro. Em média, o valor gasto quando elas são rompidas gira em torno de R$1.500 a R$4.500.  Gastar essa quantia de dinheiro sem nenhum planejamento pesa muito no bolso de qualquer um. 

Ela funciona transferindo as forças do motor para as rodas. É importante fazer manutenções frequentes porque as falhas na correia dentada costumam ser escondidas. Então pode ocorrer algum problema e você nem perceber. 

Ao atingir os 10 mil quilômetros rodados é hora de fazer a manutenção do carro na correia dentada. Então não deixe de levar seu carro a um mecânico para conferir este item. 

Também há um momento certo para fazer a troca de correia dentada e garantir o bom funcionamento do veículo. 

Ela deve ser trocada quando o carro atingir o limite de de 40 a 50 mil quilômetros rodados. A troca também acontece quando o carro possui cinco anos de uso. Leve em conta qual dos dois acontecerá primeiro para realizar a troca.

4. Pneu

Nem todo mundo dá atenção necessária aos pneus do carro, mas eles precisam estar com a manutenção em dia para deixar você e sua família seguros e evitar acidentes. 

Além disso, é importante saber que outros itens do veículo, como suspensão e freios dependem do bom estado do pneu. Então não descuide desta parte do carro.

Nada de deixar os pneus carecas para enfim realizar a troca, neste estado eles têm mais chances de serem detonados e causarem acidentes devido a frenagens maus feitas. Em épocas de chuvas essa situação pode se tornar cada vez pior. 

Portanto, confira as marcações corretas do pneu e faça a troca no momento certo. Além de evitar problemas, você se livra de uma possível multa de quase R$200. Isso mesmo, andar com pneus maus cuidados pode gerar multa e cinco pontos na carteira de habilitação. O estepe também conta, viu?!

Garantir que o pneu está alinhado e balanceado também é muito importante para manter a estabilidade ao dirigir. Essa manutenção do carro deve ser feita quando ele atingir a marca de 10 mil quilômetros rodados. 

Então busque fazer este procedimento para dirigir de forma mais segura e confortável. 

Homem trocando pneu

5. Óleo 

O óleo do motor é um item que deve ser trocado com frequência para manter a lubrificação das partes móveis do motor.  

Para fazer a substituição você precisa conferir os critérios da montadora do seu veículo, pois cada uma possui características específicas para manter o consumo do combustível dentro do limite ideal e controlar a emissão de gases que poluem o meio ambiente. 

Ter esse cuidado com o carro é essencial para evitar problemas no motor. No entanto, saber qual a hora certa de realizar a troca de óleo é uma dúvida comum de muitas pessoas. É preciso avaliar algumas coisas para fazer esta revisão no carro no tempo certo. 

Carros que andam em trânsitos urbanos devem ter seu óleo trocado quando atingirem cinco mil quilômetros rodados. Já os que andam em estradas mais livres, devem ter seu óleo trocado aos dez mil quilômetros rodados. 

É válido dizer que estes critérios devem ser seguidos dentro de um período de 12 meses. Se passar esse tempo e a quilometragem exigida para seu carro não for atingida, a troca precisa ser feita mesmo assim, pois o óleo do motor contém aditivos que perdem sua ação depois deste tempo. 

Conclusão

Neste artigo, falamos sobre os cuidados com a manutenção do carro. Afinal, nosso patrimônio merece estar sempre bem cuidado para oferecer uma direção confortável e segura. 

Existem itens que você precisa ficar de olho no cuidado do seu veículo para fazer a revisão no tempo correto e garantir que todas as peças funcionem bem. Vai por mim, fazer a manutenção preventiva é melhor do que fazer a manutenção corretiva. 

Além disso, é essencial ter a certeza de que seu carro está protegido, pois de nada adianta fazer manutenções frequentes e correr o risco de ter seu veículo roubado ou furtado. Conte com a Loovi para a proteção do seu veículo.

Quer fazer uma avaliação conosco? Entre em contato e experimente gratuitamente por 30 dias.

Preencha o formulário abaixo que um especialista irá entrar em contato com você.