O sistema OBD é usado, principalmente, para fazer o diagnóstico de funcionamento do carro.

Mas com o passar do tempo ele foi ganhando outros usos, inclusive para a tecnologia de rastreamento veicular.

As empresas passaram a desenvolver dispositivos que se conectam à porta OBD para fazer a localização em tempo real.

A vantagem é que os aparelhos rastreadores que são instalados nessa entrada também conseguem disponibilizar informações sobre o desempenho do veículo.

O sistema que conta com essa tecnologia pode fazer o rastreamento de frotas, de transportes públicos, de operações logísticas e de veículos de passeio.

Neste artigo, nós vamos falar sobre como funciona o sistema OBD para fazer o rastreamento de veículos. Acompanhe a leitura para saber mais!

O que é e como funciona o protocolo OBD2?

Os primeiros carros a receber a porta OBD foram os dos Estados Unidos. Todos os veículos fabricados a partir do ano 1996 já contam com essa entrada.

Pouco tempo depois, em 2002, os carros europeus também já começaram a possuir essa entrada.

No Brasil também não foi muito diferente, a maioria dos carros fabricados a partir do ano 2000 possuem a porta OBD.

Inicialmente, o sistema OBD foi criado por exigência do governo dos Estados Unidos nos anos 90 para controlar a emissão de gases poluentes.

O objetivo era diminuir a poluição causada no ar pelo consumo dos combustíveis fósseis nos automóveis da época.

Hoje em dia o uso mais comum dessa entrada é pelos mecânicos para escanear as informações a fim de encontrar problemas no veículo.

Inclusive o próprio nome dessa tecnologia demonstra isso, OBD significa diagnóstico de bordo em português.

Onde está localizada a porta OBD pode variar de veículo para veículo, mas geralmente se encontra perto do volante ou perto do porta-luvas.

Um outro uso comum dessa porta é o rastreamento de veículos, basta conectar um dispositivo nessa entrada para fornecer a localização em tempo real.

Mas além disso, o aparelho rastreador também é capaz de fornecer outros dados relevantes para o motorista.

Como o sistema OBD faz o rastreamento veicular?

O sistema OBD faz o rastreamento veicular por meio da telemetria. Ela é capaz de mapear dados e fornecer a localização do carro em tempo real.

Essa tecnologia permite a captação de diversos dados, como velocidade, consumo de combustível, funcionamento dos pneus e muito mais.

Na prática, os dados são capturados pelo rastreador e transmitidos via rede celular.

Isso é possível porque esse tipo de aparelho é composto por um chip, como o de telefonia, e um modem para transmitir as informações.

Esse sistema de rastreamento é o mais completo e avançado do mercado e pode ser usado tanto para carros de passeio quanto para a gestão de frotas.

Carro na estrada

Vantagens

Possuir o sistema OBD para fazer o rastreamento de seu veículo possui muitos benefícios. Confira alguns deles a seguir.

Disponibiliza diversas informações

A grande vantagem do OBD é a possibilidade de ter acesso a diversas informações sobre o desempenho do veículo. Algumas delas são:

  • Nível e consumo de combustível
  • Velocidade do veículo
  • Distância percorrida
  • Ignição do carro
  • Pressão dos pneus

É possível ter mais controle sobre o carro e evitar que problemas graves possam acontecer antes que seja tarde demais.

Além disso, maioria das empresas que oferecem este tipo de serviço disponibiliza um aplicativo que permite o acesso a essas informações de forma rápida e fácil.

Fácil instalação

Um outro benefício do dispositivo rastreador que se conecta a entrada OBD é a facilidade de instalação.

Os aparelhos comuns necessitam de corte de fios e técnicos especializados para instalar o rastreador no carro.

Já os dispositivos que podem ser conectados na porta OBD são de fácil instalação.

Basta plugá-lo na entrada de seu carro e pronto. Sim, é muito simples e você pode fazer tudo sem nenhuma complicação!

Mais segurança

A telemetria é uma tecnologia que garante muito mais segurança, já que é mais avançada e precisa que as tradicionais.

Seu carro estará muito mais protegido ao contar com um dispositivo telemétrico conectado à porta OBD.

Desvantagens

Apesar dos benefícios, o sistema OBD apresenta algumas desvantagens. Falaremos dela a seguir.

Custo mais elevado

Se for comparar o dispositivo OBD com os outros disponíveis no mercado, o primeiro realmente apresenta um custo mais alto.

Mas isso se deve ao fato de que sua tecnologia é muito mais avançada e completa do que os demais.

Pode valer a pena pagar um pouco mais caro por um sistema que fornece muito mais informações e te dá muito mais segurança.

Facilita a retirada do aparelho

Um outro ponto negativo está relacionado a facilidade de retirada do aparelho rastreador do veículo.

Isso porque o dispositivo com sistema OBD fica muito visível e pode facilitar a ação de criminosos que querem bloquear o funcionamento do rastreador.

No entanto, existem dispositivos que conseguem fazer a localização do veículo mesmo com o aparelho retirado, como é o caso da Loovi.

Falaremos sobre o sistema OBD da Loovi a seguir para que você saiba mais detalhes sobre nossa tecnologia.

O sistema OBD da Loovi

O dispositivo rastreador da Loovi é um aparelho telemétrico que se conecta à porta OBD e faz a localização do carro em tempo real.

Através dele o motorista consegue ter acesso a muitas outras informações além da localização.

Algumas delas são:

  • Listagem de viagens
  • Alerta de movimento
  • Velocidade média e máxima
  • Distância percorrida
  • E mais!

Nós desenvolvemos diversos meios tecnológicos, como inteligência artificial, que permite a localização de carros roubados mesmo que o aparelho tenha sido retirado.

Nós garantimos a recuperação do seu veículo, mas caso isso não seja possível nós pagamos 100% da tabela FIPE.

Uma grande vantagem desse aparelho é que ele não danifica a parte elétrica do seu carro e por isso te deixa despreocupado com a ideia de perder a garantia do veículo.

E o melhor de tudo é que você pode ter o controle de tudo na palma da sua mão pelo aplicativo Loovi que é repleto de funcionalidades.

Velocímetro do carro

Conclusão

Neste artigo, falamos sobre o sistema OBD, mostramos como ele funciona, suas vantagens e desvantagens e explicamos sobre o sistema da Loovi.

Vale a pena investir em um sistema para fazer a proteção do seu carro e poder dirigir mais seguro e tranquilo.

Você pode conhecer um pouco mais sobre nossos serviços aqui no site ou por meio de algum de nossos especialistas, basta preencher o formulário abaixo.

Entre em contato conosco pelo formulário abaixo e experimente gratuitamente por 30 dias.

Quer fazer uma avaliação conosco? Entre em contato e experimente gratuitamente por 30 dias.

Preencha o formulário abaixo que um especialista irá entrar em contato com você.