A tecnologia de rastreamento permite com que diversas empresas desenvolvam aparelhos para fazer a localização do carro e oferecer proteção contra roubo e furto.

Com o aumento no número de veículos circulantes, o índice de roubos aumentou ainda mais.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), o Brasil possui uma frota de mais de 65 milhões de veículos circulantes.

A situação fica ainda pior se esses veículos não contam com nenhum tipo de proteção contra furto e roubo.

Os rastreadores são uma ótima opção para quem deseja proteger o carro com uma tecnologia que permite localizar o carro de qualquer lugar e com um preço justo.

Além de proteger os carros comuns contra roubos e furtos, os rastreadores podem fazer a gestão de frotas.

Acompanhe a leitura e descubra quais são os tipos de tecnologias do sistema de rastreamento veicular.

Como é feito o rastreamento veicular?

O rastreamento veicular é feito por meio de um aparelho instalado no carro que possui uma tecnologia de rastreamento e faz a localização do carro, indicando o local exato que o veículo está.

Para que o sistema funcione corretamente é necessário três coisas indispensáveis. São elas:

  1. Um dispositivo;
  2. Uma tecnologia capaz de enviar dados sobre a localização do carro;
  3. Um meio para que o usuário possa acessar os dados, normalmente um aplicativo ou plataforma.

Ele é indicado para quem quer rastrear todos os movimentos do carro para se sentir mais seguro.

Além disso, os donos de frota também podem utilizar esse sistema para monitorar o trajeto de suas cargas.

O valor a ser investido para fazer o rastreamento no seu carro é baixo e costuma caber no bolso da maioria das pessoas.

Frota de carros

Quais são as tecnologias disponíveis?

Existem três tecnologias disponíveis para fazer o rastreamento veicular. Falaremos sobre como cada uma delas funciona a seguir.

GPS

A maioria das pessoas já ouviram falar do GPS pois é comum vermos carros que contam com equipamentos que possuem essa tecnologia e traçam rotas para chegar a determinado lugar.

O sistema de posicionamento global (GPS) foi criado na década de 80 para que o exército dos Estados Unidos pudesse ter informações geográficas.

Ele se comunica com uma rede de satélites que estão espalhados ao redor do planeta para fazer a localização do veículo.

O aparelho rastreador instalado no carro consegue encontrar onde o automóvel está por meio do cálculo do tempo que o sinal do satélite demora para chegar até ele.

Para conseguir isso, os aparelhos contam com relógios extremamente precisos que marcam o tempo.

O intervalo de tempo entre a emissão dos sinais e sua chegada aos satélites permite fazer a localização exata do veículo.

Por isso, esse sistema tem ajudado não somente motoristas de carro de passeio, mas também gestores de frota e empresas de logística a rastrearem seus veículos.

Além disso, o GPS apresenta uma vasta cobertura e consegue localizar o carro de qualquer lugar do planeta, já que ele funciona por meio de satélites.

No entanto, o rastreador via GPS funciona melhor em locais abertos, porque os sinais não atravessam paredes com facilidade.

Tecnologia GPS

Radiofrequência

A principal diferença entre a tecnologia de rastreamento via GPS e radiofrequência (RF) é a forma de comunicação.

Enquanto o sistema de posicionamento global funciona por meio dos satélites, a radiofrequência funciona por meio de antenas.

O dispositivo instalado no carro emite um sinal de de localização que é enviado para antenas de rádio para fazer a localização do veículo.

O aparelho não se comunica com as antenas continuamente, por isso é necessário enviar um comando para que haja troca de informações entre a antena e o receptor.

Apesar disso, o rastreador que contém esse tipo de tecnologia só é capaz de fazer a localização do veículo, enquanto outros conseguem disponibilizar mais informações.

A radiofrequência consegue enviar dados com mais facilidade de locais fechados e subterrâneos, porém sua cobertura é um pouco limitada.

O sistema só vai funcionar onde estiver antenas para realizar a comunicação entre elas e o aparelho rastreador.

Mas fique tranquilo, com certeza existem muitas antenas espalhadas ao redor dos lugares onde você mais roda com o carro.

Telemetria

A telemetria é a tecnologia de rastreamento mais avançada disponível, ela é usada para medir e transmitir dados a distância.

Isso pode ser feito por meio de um chip instalado no carro que envia diversas informações sobre o veículo e consegue monitorá-lo em tempo real.

Essa tecnologia é capaz de disponibilizar dados sobre a velocidade do carro, o nível de combustível, o caminho percorrido, o consumo da bateria, a quantidade de paradas e muito mais.

A telemetria pode ser instalada em um dispositivo OBD para transmitir informações sobre o funcionamento e localização do dispositivo.

Esse dispositivo se conecta à porta OBD do carro, que fica localizada perto do volante ou perto do porta-luvas, e é capaz de obter e liberar informações sobre o veículo.

A Loovi encontrou uma forma inteligente de conectar você e seu carro e garantir proteção contra roubo e furto.

Nosso dispositivo é o rastreador mais completo do mercado, ele se conecta ao carro e disponibiliza muitas informações sobre o veículo.

O aparelho é telemétrico e pode ser plugado na porta OBD do carro para monitorar o desempenho do automóvel e fazer a localização em tempo real.

Qual tecnologia de rastreamento escolher?

A tecnologia de rastreamento que você deve escolher para fazer a proteção do seu carro precisa estar de acordo com suas necessidades e condições.

Existem diversos tipos de aparelho rastreador disponíveis no mercado com as tecnologias citadas.

Por isso, é importante considerar bem antes de tomar a decisão final, porque a segurança do seu carro é algo que merece uma atenção especial.

Ao contar com um dispositivo que disponibiliza mais informações sobre o seu veículo, você pode economizar mais em outros gastos.

O dispositivo telemétrico, por exemplo, oferece informações sobre o nível de combustível.

Dessa forma, você pode saber se o carro está gastando mais combustível do que o normal ou se apresenta algum problema elétrico e resolver antes que seja tarde demais.

Conclusão

Neste artigo, nós falamos sobre a tecnologia de rastreamento, mostramos as opções disponíveis e te ajudamos escolher entre as opções.

Entre elas estão o GPS, a radiofrequência e a telemetria.

A diferença entre o GPS e a radiofrequência está na forma com que cada uma capta os dados e os disponibiliza ao motorista.

Já a telemetria é uma tecnologia mais completa e transmite mais informações ao condutor do veículo.

O dispositivo da Loovi possui a telemetria como tecnologia de rastreamento para localizar o carro e obter informações sobre o desempenho do veículo.

Você pode conhecer um pouco mais sobre nossos serviços aqui no site ou com algum de nossos especialistas.
Basta preencher o formulário abaixo para que alguém entre em contato com você.

Preencha o formulário abaixo e conheça mais sobre nós com um de nossos especialistas.